quinta-feira, 28 de abril de 2011

Amor Suspeito*

"...Amor suspeito desde a barriga..." Amei desde tudo...a união dos seus pais... Saber de você, foi saber que eu veria, mais uma vez, ou uma segunda vez na minha vida, um momento, tão mágico e singular...Nem posso ter a ousadia de me portar como mãe...mas essa seria e foi, a primeira vez que tornei tia...tia assim, desde a barriga...de peguei fresquinha ainda, na saída de sala do parto, sujinha de sangue...que alegria...momento memorável...você a quem chamo de Fofia* desde sempre...me lembro da roupinha laranja que vestia quando te visitei em casa...me lembro te ter te segurado para sua mamãe te amamentar...e me lembro de ficar com os olhos cheios de esperança, esperando que Marcela , sua mãe, se ocupasse tempo demais para me deixar te pegar no colo...assim, de bobeira...bobeira nada, era amor...incondicional, eu que troquei confidências com você, mesmo quando você ainda não podia falar...me lembro dos seus berros para mamar...e foi crescendo, como a plantinha mais linda que florescia sempre, cada vez mais em tons de rosa variados...me lembro das maquiagens escondidas da mamãe...me lembro de ver esse olhos que já foram azuis se transformando numa espécie de castanho dourado, quase verde quando encontram a luz do sol...Você minha linda Sofia...sobrinha amada...afilhada por empréstimo e amor...nosso segredo...Amo sua voz rouca....amo quando você me abraça e diz longo...Tiiiiaaaaaaa.....é de acabar comigo...Amo quando você se instala aqui por casa...uma certa paz, se completa...você os esquece por instantes (Mamãe e Papai), adoro que você furte a mercearia aqui de casa, com todo meu consentimento...e quando me pede suco, que as vezes não tem...mas a Titia, anda mais precavida, e certo que você encontrará mais sucos por aqui!!!
Olha Você hoje....está ficando grandinha...deixando a mamãe louquinha da Silva...com todas essas mudanças....amo sua independência...mas me lembro e quero na verdade que em algum momento você precise de mim...para cuidar dos machucados, nos joelhos...ou pernas...Adoro falar com você ao telefone, e quando você diz pra mamãe que "seu coraçãozinho está feliz" porque você vem nos visitar...Você não é visita...é de casa...Minha Amada, sobrinha amada...Hoje fecha o ciclo dos seus seis anos completos com a gente, vai entrar no sétimo ano de vida (sua mãe lendo isso vai ficar louca)...mas eu, eu tenho orgulho, de você...de me chamar de Tia...de me abraçar...de vir me ver no aniversário...disso tudo...de olhar com binóculos pela janela do prédio, como se fosse encontrar um tesouro...e na verdade, você encontra...vários tesouros, com esse olhos lindos e grandes, você encontra a vida lá fora, hoje por binóculos, amanhã...por você mesma, no mundo...e sempre com dois endereços para voltar, o da sua casa, e o da minha!!! Minha Sofia...a tia aqui, está com o coração em festa...porque você, é muito especial, especial para nós!!!
Te amo desde a barriga...e te amo cada vez mais...sempre um dia a mais....desejo cem anos de felicidades, felicidade mesmo, assim de todo dia...que você erre sem sofrimento, e que entenda que é sempre melhor aprender que a vida é feita por escolhas...e essas escolhas eu sei, você vai tirar de letra...Bom, a Titia ainda tem um monte de coisas diferentes para te ensinar...muito rock...contos, poemas...chocolates...brincadeiras...todos sem formigas, por conta da alergia né?!
O fato é que, eu poderia escrever um livro, sobre a nossa longa relação de seis anos, mas isso eu farei quando você completar quinze!!!!!
Te Amo, daqui até o Infinito!!!

2 comentários:

Marcela... disse...

E impossivel em palavras descrever quanto eu amo vcs...minhas meninas..
amo mesmo...obrigada pelo carinho ....

Adélia disse...

Amo muito...Sofia agora aprendeu a fazer besourinho...hahahahha...não se esqueça e não deixe que ela esqueça tb...lembre ela de vez em quando por mim...quando ela vai se deitar e eu não estou por perto fisicamente, mas dentro do coração estamos unidas!!!